Pesquisar
Viver com uma laringectomia

Ser submetido a uma laringectomia total significa passar a respirar através de um estoma, em vez de através do nariz e da boca, e ter de voltar a aprender a falar.

Embora uma laringectomia signifique mudanças no seu dia a dia, ainda é possível ser tão feliz e realizado como o Tore, e muitos mais como ele. Pode continuar ativo, fazendo caminhadas e exercício físico, ou estar com amigos e fazer muitas das outras coisas que gostava de fazer antes do procedimento.

 

Um dos maiores desafios após uma laringectomia total é, claramente, perder as suas cordas vocais. Isto significa que não poderá voltar a falar como antes, mas existem formas comprovadas para recuperar a capacidade de falar.

 

Leia mais sobre a reabilitação da voz aqui (link to Voice rehabilitation).

Outra grande mudança é a perda da função nasal. Isto significa que terá de se adaptar a uma nova forma de respirar, porque já não pode utilizar o seu nariz.

 

Pode não se aperceber, mas o seu nariz faz muito mais do que apenas cheirar. Este desempenha um papel vital na saúde e no bom funcionamento dos seus pulmões. Sem o nariz, o ar é mais frio e menos húmido do que o que deveria, o que origina a produção de mais muco nos pulmões. No entanto, poderá recuperar as importantes funções do seu nariz através de reabilitação pulmonar — especialmente, se optar por utilizar um permutador de calor e humidade (HME).

Use os nossos serviços

A Atos Medical oferece uma série de serviços gratuitos, concebidos para facilitar a sua vida enquanto utilizador de consumíveis de laringectomia.

Leia mais sobre os nossos diferentes serviços aqui
Junte-se à comunidade

Pretende estabelecer contacto com outras pessoas na comunidade laringectomizada? Saiba mais sobre os nossos eventos na comunidade local ou assista a testemunhos inspiradores de utilizadores em todo o mundo.

 

Conheça o Roy

«Tive cancro e todos podiam ver que eu estava doente — mas agora não, já não. Porque eu consigo falar, e consigo-o muito bem enquanto estou a cozinhar ou a conduzir um carro.»

Veja como os dispositivos mão livres deram ao Roy a liberdade de falar enquanto faz o que gosta.

Quer saber mais sobre como falar com as mãos livres?
Conheça o Tore

Tudo começou com um pequeno papo no pescoço.  Tore e os médicos pensaram que era inofensivo, mas acabou por ser cancerígeno.  Uma semana depois de receber o diagnóstico, o Tore foi submetido a uma laringectomia total.

Ao voltar para casa após a cirurgia, o Tore estava determinado em voltar a falar e em regressar ao trabalho. Ele conseguiu ambos e continuou a trabalhar durante mais 16 anos antes de se reformar.

O Tore foi, desde o primeiro dia, sincero sobre o facto de ter sido submetido a uma laringectomia total. Na sua opinião, isto permitiu-lhe conhecer novas pessoas com mais facilidade, bem como levar uma vida ativa.

Quando o Tore reflete sobre os últimos 20 anos desde a sua cirurgia, ele, na verdade, não considera que ocorreu uma mudança radical na sua vida. Embora tenha deixado de velejar devido ao estoma, ele conseguiu continuar a fazer o que adora — jogar golf, estar com amigos e familiares e viajar. Ele esquece-se, frequentemente, que é laringectomizado

A voz de Tore
Conheça o Walter

O Walter exerce advocacia em Florence, Itália e em Nova Iorque. Após a sua laringectomia total em 2002, ele teve problemas com a tosse e dificuldades em dormir. Mas utilizar um HME permitiu-lhe retomar uma vida normal — ser capaz de subir escada novamente, sair para visitar amigos e viajar para os seus locais favoritos.

A voz de Walter
Saiba como o Provox XtraHME ajuda a manter o Walter ativo